Máscaras de festa, casamentos, debutantes, eventos em geral.

Portfólio: Máscaras

Orçamento: puraartemascaras@gmail.com

WhatsApp/ Cel: 024 988489591 seg a sex das 9h às 18h

Gallery

7 de mai de 2013

On terça-feira, maio 07, 2013 by Giovana Paola in ,    No comments

Mariana e sua amiga Paula, pegaram um táxi na volta para casa. Quando foi pagar pela corrida, Mariana gentilmente disse ao motorista:
- Muito obrigada. O senhor dirige muito bem.
O motorista, ao invés de agradecer, perguntou:
- Qual é, moça, está de gozação com a minha cara?
Mariana, surpresa, logo respondeu:
- Que isso, claro que não! Estou falando sério, o senhor dirige muito bem, é tranqüilo, calmo ao volante, apesar do caos que é o trânsito.
O motorista, fingindo acreditar nas palavras de Mariana, falou:
- Tá bom ...
Paula ficou confusa com aquela situação e logo que o motorista se foi, quis saber da amiga:
- Mas, afinal, Mariana, o que aconteceu? Por que fez questão de dizer àquele taxista que ele dirige bem? Ele não acreditou, sabia?
E, Mariana, sem se abalar com a reação do taxista, falou:
- Não me importo, só estou tentando trazer o amor de volta. É a única coisa que pode salvar esse mundo.
Paula continuava sem entender as palavras de Mariana e fez outra pergunta:
- Ah, tá bom... E como é que uma pessoa sozinha pode salvar esse mundo?
E Mariana explicou:
- Não é só uma pessoa. Acho que fiz esse motorista de táxi ganhar seu dia. Vamos supor que ele pegue uns 20 passageiros. Vai ser simpático com eles porque
alguém foi simpático com ele, também. Aí, esses passageiros vão ser mais amáveis com todas as pessoas que estiverem ao seu redor. E estas pessoas serão
mais simpáticas com as outras pessoas. De uma certa maneira esse clima de boa vontade pode
atingir, pelo menos, umas mil pessoas, nada mal. Não acha?
Paula, incrédula com o que a amiga dizia, alertou:
- Mas, você está dependendo desse motorista, para transmitir sua boa
vontade aos outros!
Pacientemente Mariana, continuou explicando:
- Não estou. Estou ciente de que o sistema não é infalível. Hoje, sou capaz de contatar com 10 pessoas diferentes. Se, em cada 10, conseguir fazer três
felizes, então, posso acabar influenciando, indiretamente, o comportamento de três mil pessoas ou mais.
Paula quase se animou e, então, disse:
- Parece boa idéia, mas não estou certa de que dá resultado.
Mariana não deixava se abater pelas opiniões negativas da amiga e falou:
- Se não der, não se perde nada. O fato de dizer àquele taxista que
ele estava fazendo um bom trabalho não me roubou tempo nenhum.
Qual o problema, se ele não acreditou em mim? Amanhã haverá outro motorista de
táxi para eu elogiar.
Paula, já sem paciência, falou:
- Acho que você está ficando maluca, amiga!
Mariana, reagiu e disse:
- Bom, isso demonstra o quanto você se tornou incrédula. Aliás, fiz um estudo a esse respeito. O que é que falta, além de dinheiro, aos empregados, de
qualquer setor? É que alguém lhes diga que estão fazendo um bom trabalho.
Paula, porém, interrompeu dizendo:
- Mas, nem todos fazem um bom trabalho!
Mas Mariana tinha a resposta:
- Eles nem sempre estão fazendo um bom trabalho, porque sentem que ninguém se interessa se fazem ou não. Por que é que ninguém faz um elogio para eles?
Nesse momento, as amigas passam em frente a um prédio em construção onde estavam alguns operários trabalhando. Mariana pára e diz a um deles:
- Vocês têm feito um excelente serviço. Deve ser um trabalho difícil e
perigoso.
Os cinco homens olharam para ela desconfiados. E Mariana quis saber:
- Quando é que esse prédio vai ficar pronto?
Um dos operários respondeu:
- Em março.
E Mariana, gentilmente falou:
- Ah! Isso é fantástico. Vocês devem estar bem orgulhosos!
Depois de ver o que Mariana fez, Paula, disse:
- Mariana, sinceramente, não conheço ninguém como você!
Mariana, achando graça da amiga, lhe disse:
- Paula, querida, quando esses homens pensarem nas minhas palavras, vão se sentir muito melhor, e a cidade vai se beneficiar da felicidade deles.
E Paula, desistindo de fazer Mariana mudar de idéia, ainda a alertou:
- Tudo bem, desisto. Mas, você não pode fazer isso, sozinha, você é só uma!
Mariana apenas sorriu, pois tinha certeza que estava fazendo a coisa certa se queria um mundo melhor.
LIÇÃO DE VIDA:

É fácil começar essa corrente da BOA VONTADE.
Dê um bom dia, um aperto de mão, um sorriso,
faça um elogio, diga obrigado ...
e tenha um ótimo dia, uma harmoniosa semana, ...seja feliz alegrando a vida de outras pessoas. É um pequeno começo para melhorar o mundo.

Tem mais aqui:  https://www.facebook.com/pages/Pura-Arte-M%C3%A1scaras/237092409661553?ref=hl é só curtir! 

0 comentários:

Postar um comentário

Escreva sua dúvida no campo de mensagem acima e coloque seu e-mail, para que possamos retornar.
Um grande abraço e MUITO obrigada!

Giovana Paola